“Estamos todos nos preparando para recomeçarmos virtualmente! Mesmo com o distanciamento social devido à pandemia do COVID19 continuaremos nossa aprendizagem juntos, adaptando às novas tecnologias” diz a frase no facebook da Escola Estadual Henriqueta Rivera Miranda, em Rifaina/SP

A adequação a nova realidade do ensino estadual poderá ser um grande divisor de águas e, a quem sabe, talvez, seja algo que fique marcado, como uma tendência no ensino fundamental e médio.

A aulas podem ser acompanhadas pelo Centro de Mídias da Educação de São Paulo que é uma iniciativa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo para contribuir com a formação dos profissionais da Rede e ampliar a oferta aos alunos de uma educação mediada por tecnologia, de forma inovadora, com qualidade e alinhada às demandas do século XXI.

Essa conexão se torna ainda mais necessária no período em que vivemos, com as unidades de ensino sem aulas e os alunos e professores necessitando do nosso apoio.

Nesse espaço serão encontrados conteúdos cuidadosamente elaborados por especialistas e oferecidos por meio de tecnologias digitais.
As aulas serão transmitidas a partir de estúdios de TV instalados na sede da Escola de Formação dos Profissionais da Educação (EFAPE) e poderão ser acompanhadas, ao vivo, pelo portal do CMSP e pelos aplicativos CMSP, voltado aos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio, e CMSP Educação Infantil e Anos Iniciais. As aulas poderão ser acompanhadas, ainda, pelo canal digital da TV Educação (Anos Finais e Ensino Médio), TV Univesp ( Educação Infantil e Anos Iniciais).

Os conteúdos apresentados ficarão disponíveis nessa plataforma para consulta de alunos e educadores, ampliando as possibilidades de ensino e aprendizagem, fomentando a cultura digital e permitindo maior conexão entre todos os integrantes da Rede.

“Grupos de whatsapp estão sendo criados com cada turma e respectivos professores, para serem orientados. Todos se preparando para esta nova etapa, onde aprenderemos juntos as novas adaptações.” conclui a direção da Henriquete Rivera Mirando no facebook.

Perguntas e respostas mais frequentes sobre a plataforma do estado pode ser encontras aqui