Top 3 reúne o Miniatur Wunderland, o parque temático Europa-Park e o Castelo de Neuschwanstein

São Paulo, outubro de 2020 – Mesmo em tempos de pandemia do novo coronavírus, que estabelece, entre outras coisas, restrições de viagem, os turistas permanecem em busca de experiências, sejam elas presenciais ou virtuais. E a Alemanha é um desses país cujos viajantes se inspiram para novas aventuras. Inclusive, os turistas têm as suas preferências no país, é o que aponta pesquisa do DZT, portal nacional do turismo na Alemanha, com mais de 13 mil visitantes de 50 países, que escolheram, on-line, os 100 melhores destinos turísticos do país .

Em primeiro lugar na pesquisa está o Miniatur Wunderland, em Hamburgo. Esta é a terceira vez que a atração, com a maior ferrovia em miniatura do mundo, é escolhida a melhor da Alemanha. Respectivamente, em segundo e terceiro lugares estão o parque temático Europa-Park , em Rust, e o Castelo de Neuschwanstein , na Baviera.

Segundo a CEO do DZT, Petra Hedorfer, o ranking TOP 100 se consolidou como um selo de qualidade. “Além disso, já tão popular entre os viajantes, os resultados apontam um recorte sobre as atrações alemãs mais conhecidas e procuradas”, explica.

Os primeiros do Top 100

– Miniatur Wunderland : desde que foi inaugurado em 2001, o país em miniatura, em Hamburgo, cresceu e se tornou o maior modelo de ferrovia do mundo, com uma área de 1,5 mil metros quadrados. Até agora, 19 milhões de pessoas já visitaram o Miniatur Wunderland.

– Europa-Park: o Europa-Park, em Rust, é o maior parque de diversões da Alemanha, com 5,8 milhões de visitantes; 18 áreas temáticas; mais de 100 passeios e shows, além de seis hotéis temáticos que garantem experiências inesquecíveis.

– Castelo de Neuschwanstein: todos os anos, cerca de 1,5 milhão de pessoas de todo o mundo ficam fascinadas e inspiradas ao visitar o Castelo de Neuschwanstein, que é, provavelmente, uma das atrações mais fotografadas da Alemanha.

– Dresden : a quantidade e a qualidade dos extraordinários bens culturais dessa cidade são tamanhas. Além das três atrações, Zwinger, ópera Semperoper e igreja Frauenkirche, há também o Brühlsche Terrasse e o castelo Residenzschloss, os castelos Elbschlösser na encosta Loschwitzer Hang, o bairro Blasewitzer Villenviertel, os jardins de Hellerauer Gartenstadt e, naturalmente, os doze museus do acervo de arte Staatliche Kunstsammlungen.

– Rothenburg ob der Tauber : em Rothenburg, um passeio para fazer compras é algo especial: no centro histórico da cidade, ao longo da rua Schmiedgasse, entre a praça Marktplatz e Plönlein, o visitante encontra uma loja após a outra, entremeadas por restaurantes, padarias e cafés, envoltos em uma atmosfera medieval.

– Rota Romântica : a Rota Romântica acompanha o visitante por quase 400 km, de Würzburg até Füssen. No caminho, residências luxuosas, o esplendor das cortes do passado e o romantismo das casas de enxaimel medievais acompanham todo o trajeto.

– Berchtesgaden-Königssee : a região de Berchtesgadener é um destino para os turistas preocupados com a saúde. A região compreende Berchtesgaden, Bischofswiesen, Marktschellenberg, Ramsau e Schönau am Königssee e é designada como um resort climático de saúde em reconhecimento à alta concentração de atividades terapêuticas e amenidades oferecidas. Junto com o parque nacional, os resorts da região fazem parte de uma reserva da biosfera da UNESCO.

– Catedral de Colônia : já havia igrejas no local onde hoje fica a catedral de Colônia desde o século IV, mas foi só a partir de 1248 que surgiu, nesta cidade à beira do Reno, uma das catedrais mais importantes do cristianismo – e uma obra-prima da arquitetura gótica.

– Floresta Negra : o Parque Nacional da Floresta Negra, em Baden-Württemberg, foi fundado em 01/01/2014 com uma área de 10.062 hectares. Com mais de 1 mil metros de altitude, a paisagem é inconfundível, com florestas mistas de montanhas e de coníferas, bosques fechados, pântanos e formações de vales de origem glacial. Além disso, no parque é possível ter vistas maravilhosas da planície do Reno.

– I lha de Rügen : Rügen é a maior ilha alemã. Em 926 km², o turista encontra praias intermináveis no Mar Báltico, natureza intacta e balneários luxuosos.

Além de informações detalhadas sobre o TOP 100, os usuários do site podem filtrar os destinos mais populares da Alemanha por categoria ou localizá-los em um mapa interativo.

A pesquisa
Desde 2012, os visitantes do site http://www.germany.travel podem inserir pontos turísticos, de lazer, eventos, locais culturais ou paisagens naturais em um campo de texto livre. O GNTB (German National Tourism Board) usa isso para desenvolver o ranking. A pesquisa atual começou em 14 de novembro de 2019 e durou até 31 de julho de 2020.

Sobre o DZT
O Centro de Turismo Alemão (DZT) é o portal nacional do turismo na Alemanha com sede em Frankfurt am Main. Ele representa a Alemanha como país turístico em nome do Ministério da Economia e Energia (BMWi), que o apoia conforme uma resolução do Parlamento Federal alemão. A DZT desenvolve e comunica estratégias e produtos para ampliar no exterior a imagem positiva dos destinos turísticos alemães e para promover o turismo na Alemanha. Para isso, mantém 30 representações nacionais em todo o mundo. Mais informações no centro de imprensa do nosso portal www.germany.travel/presse .