Hospitalidade única, conexão com as comunidades locais e uma culinária de ingredientes frescos tornam a viagem tão especial quanto o seu destino

Famosa por suas incríveis paisagens e turismo aventureiro, a Nova Zelândia também surpreende a partir das inúmeras descobertas que podem ser feitas durante uma Road Trip. As viagens de carro pela Nova Zelândia são capazes de levar o viajante a uma diferente perspectiva sobre o país, que abriga recantos escondidos e oferece experiência memoráveis ao longo do caminho, tornando todo o trajeto um atrativo por si só.

Os neozelandeses acreditam que os encontros durante a jornada de uma Road Trip são tão importantes quanto o seu destino final, pois são as pessoas que o conectam até ele. Ao cruzar costas selvagens, vastas extensões de areia ou estradas que ligam uma cidade a outra, o viajante tem a oportunidade de se deparar com uma culinária local e aconchegante feita com ingredientes frescos, com uma hospitalidade singular das comunidades, além de poder apreciar verdadeiros cartões-postais pelo caminho.

Pequenos cafés, pubs e pousadas antigas ao longo do trajeto revelam iguarias regionais e tesouros culinários escondidos. Em menus simples, os pratos muitas vezes são feitos com ingredientes frescos, como peixe pescado localmente e leite fresco em garrafas de vidro, por exemplo. O viajante também descobre uma vasta diversidade de produtos locais do país – a carne bovina, o cordeiro e frutos do mar são alguns deles -, além de poder visitar locais especiais como fazendas de trufas, cervejarias boutique e fábricas de queijo. North Canterbury e Kaikōura, ambas na Ilha Sul, são algumas das regiões onde é possível encontrar ter essas descobertas.

Vinícolas escondidas podem ser uma grande atração. A pequena região de Waitaki, a três horas ao norte de Otago, na Ilha Sul da Nova Zelândia, é onde se produz um dos melhores vinhos da uva Pinot Noir. Já a região de Marlborough, no topo da Ilha Sul, é a maior região de vinícolas da Nova Zelândia, sendo responsável por 77% da produção total de vinhos do país. Muitos dos mais de 100 vinhedos de Marlborough têm restaurantes no local e oferecem comida de origem local para acompanhar seus vinhos.

A viagem de carro leva, ainda, à descoberta de partes inóspitas da Nova Zelândia, pequenas cidades e regiões menos conhecidas e é lá onde a conexão com a comunidade local revela um tipo diferente de experiência. O senso de hospitalidade encontrado é único, e por isso o neozelandês incentiva o contato próximo com as comunidades por onde passa. Em uma Road Trip, passa-se a ter uma visão diferente sobre a região a partir das histórias contadas pelos locais.

Essa hospitalidade é uma forte característica do neozelandês, e também são traços da cultura Maori. O povo Maori possui uma tradição de hospitalidade, que eles chamam de manaakitanga, que é exclusivamente sua. Uma das formas que eles mostram essa hospitalidade é por meio da comida, por exemplo, com o costume de receber os hóspedes e levá-los para cozinhar junto com eles, enquanto ouvem histórias e depois saboreiam refeições típicas, como porco, frango e boi, cozidos lentamente com batata e abóbora.


Sobre Turismo da Nova Zelândia (TNZ)

O Turismo da Nova Zelândia (TNZ) é a organização responsável pela divulgação do país como destino turístico no mundo e conta atualmente com 14 escritórios em 12 países. A principal ferramenta utilizada é a campanha “100% Pure New Zealand”, mensagem que tem evoluído ao longo da última década para fazer do país uma das marcas turísticas mais respeitadas no mundo. Na América do Sul, o time conta com profissionais de trade, marketing e relações públicas, que desenvolvem a estratégia com foco em Brasil e Argentina. As ações incluem parcerias com agentes e operadores de viagem e atividades para o consumidor final, como conteúdo customizado nas mídias sociais, vídeos no YouTube, displays no network do Google e edições do site do destino para Brasil ( www.newzealand.com/br) e Argentina ( www.newzealand.com/ar) .