Dezenas de moradores relatam nas redes sociais que por volta das 18h40 até 19h10 era possível ver uma linha com diversas luzes que passavam no céu de forma rápida e brilhante.

Muitas teorias da conspiração podem surgir, mas as luzes vistas nada mais são do que os satélites Starlink da empresa Space X, que fazem parte de um projeto do bilionário Elon Musk para fornecer internet a lugares remotos no planeta.

Na noite deste Dia das Mães, as redes sociais foram tomadas por diversas imagens que registraram a passagem da frota espacial. O fenômeno já havia sido presenciado por lentes curiosas no Brasil durante o mês de abril, e vai se repetir mais algumas vezes por aqui.

Quem quiser acompanhar a trajetória dos satélites da SpaceX pode usar o app Find Starlink, que também possui uma versão web. A ferramenta funciona de uma maneira muito simples: você coloca sua localização e ele diz exatamente quando haverá uma passagem brilhante de um satélite Starlink. No Brasil, um novo “trem de satélites” deve cruzar os céus por volta das 19h desta segunda-feira (11).

Para que a gente consiga enxergar os satélites, alguns fatores devem acontecer ao mesmo tempo:

– Céu escuro: deve ser noite no local da observação, longe de luzes, sem nuvens ou poluição;
– Altura do Sol: o disco solar deve estar entre 10 e 25 graus abaixo da linha do horizonte, para que haja luminosidade;
– Ângulo de elevação: o satélite deve estar pelo menos 25 graus acima do horizonte, para que reflita a luz solar;
– Satélite iluminado: os raios de Sol devem estar atingindo diretamente o satélite.