Fechamento do ponto turístico da região de Ribeirão Preto ocorre por tempo indeterminado.

A gravidade do surto de coronavírus (Covid-19), levou o Prefeito de Rifaina, Hugo César Lourenço a reunir sua equipe de trabalho na tarde desta quinta-feira (19/03) e depois de ampla discussão, determinar a interdição da Praia de Rifaina por tempo indeterminado, como forma de evitar que a gripe mortal chegue à cidade.

A Prefeitura de Rifaina (SP) interditou nesta sexta-feira (20), por tempo indeterminado, a praia artificial, os piers e os passeios náuticos da cidade. A decisão se dá como medida contra avanço do novo coronavírus, que causa a Covid-19.


A gravidade do surto de coronavírus (Covid-19), levou o Prefeito de Rifaina, Hugo César Lourenço a reunir sua equipe de trabalho na tarde desta quinta-feira (19/03) e depois de ampla discussão, determinar a interdição da Praia de Rifaina por tempo indeterminado, como forma de evitar que a gripe mortal chegue à cidade.

“O conselho é para que as pessoas que sempre vêm à Rifaina, permaneçam em suas casas evitando contatos com outros grupos de pessoas, o que tem contribuido para a disseminação do vírus”, disse o Prefeito Hugo.

Segundo eleum corpo de segurança formado pela Guarda Civil Municipal, Guarda-Vidas que atuam na Praia e seguranças municipais atuem de forma a evitar que as pessoas ingressem no Calçadão da Praia (mas especificamente na área do balneário), evitando assim o contato em grande números e pessoas.

As medidas serão complementadas com o fechamento das marinas (guarda-barcos) e da Rampa Municipal, onde as pessoas serão impedidas de acessar o Rio Grande.

O Prefeito Hugo César Lourenço ainda destacou que em relação ao comércio (bares e restaurantes da região do Calçadão), não haverá, no momento, nenhuma medida de interdição, pois a Prefeitura conta com o sentido de colaboração de todos os comerciantes.

“Quanto a isto, esperamos que todos tenham a devida consciência e mantenham seus estabelecimentos de forma mais segura possível, evitando aglomerações e contribuindo com os esforços da cidade para evitar que a doença chegue até aqui”, disse.

A Prefeitura já tomou outras medidas de contenção do contágio popular entre estudantes frequentadores de locais públicos, academias, eventos e locais de grande concentração de pessoas. Foram suspensas as aulas nas escolas municipais, nas academias, na área do Esporte, mantendo, entretanto, os serviços de saúde e de segurança pública.

“Outras medidas podem ser tomadas à medida em que houver necessidade, de forma a garantir a segurança de nossa população contra este terrível que nos preocupa neste momento”, disse o prefeito.

O decreto municipal assinado na quinta isola também a rampa e a praia artificial.

Rifaina não tem casos suspeitos de Covid-19 até esta quinta, segundo a prefeitura.